terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Mapa- Múndi
http://www.youtube.com/watch?v=pXBIWw185oY


Não que eu queira voltar, só estou com a sensação de não conseguir ir para frente..

domingo, 2 de janeiro de 2011

Boas Entradas

Fazer um balanço dos acontecimentos ou uma retrospectiva dos melhores momentos de 2010 só traz ao coração o desejo de um 2011 melhor. 
Esse ano que se findou ao se juntar os ponteiros com o soar da meia-noite, foi um ano de longas dúvidas e de duras experiências, um ano de novos sons, novos lugares, de intensidade, de longas noites de lágrimas e também de estridentes gargalhadas. Um ano de provar amizades, de mais uma vez decepcionar alguém e de se decepcionar - mas um ano de declarar amores, de sentir saudade e de aceitar a falta, de esclarecer desentendimentos e pontuar mal-entendidos, de correr atrás daquilo que faz bem ao coração. Para mim, dois mil e dez entre tantas coisas foi um ano em que provei mais  de quatro palavras: angústia, indiferença, respeito e amor. Ah, e se posso dizer que esse ano teve um gosto, teve gosto de laranja, pois houveram dias em que tudo era como uma laranja doce espremida em suco para iniciar o dia. Mas também houveram dias que foram como laranja tirada do pé antes do tempo, azedo e sem suco. 
Acabou com as melhores coisas, com o amor ao meu lado, com a etapa da universidade cumprida à espera da formatura, com o respeito dos meus pais, com a proteção do meu Deus.
Gosto de dever cumprido.