sexta-feira, 29 de julho de 2011

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Em construção

"Castelo de ilusões para o vento desmanchar."
Pensou.
Não.
Não!  É a brisa, eu já disse.
Mas como assim?
Brisa, ela vem para acalentar
E sabe o que é bom, é que ela refresca.
Pois durante a construção deste castelo faz calor, muito calor
E por vezes ele traz cansaço.
Por isso o vento que refresca, brisa delicada
E sabe porque não desmancha?
Por não é de areia nem mesmo uma ilusão!


Marília Carzino de Alcântara

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Som do dia

"Quanto mais desejo um beijo, 
Um beijo seu
Muito mais eu vejo gosto em viver.
Por ser exato, o amor não cabe em si;
Por ser encantado, o amor revela-se;
Por ser amor... invade e fim"